Saiba como escolher a máquina de cartão de crédito ideal para seu negócio

Saiba como escolher a máquina de cartão de crédito ideal para seu negócio

Com o avanço da tecnologia e as inovações das plataformas digitais de pagamento, as pessoas passaram a buscar métodos cada vez mais eficientes de fazer compras.

Isso se aplica tanto para o empreendedor, que pode encontrar nessa evolução mais formas de lucrar com o seu negócio, quanto para o consumidor, pela comodidade e praticidade das diversas possibilidades de pagamento.

Pense e responda mentalmente: você, atualmente, usa mais dinheiro ou cartão para fazer compras?

Se a resposta tiver sido dinheiro, saiba que você faz parte de uma minoria.

Mas não existe problema nisso!

Ainda assim, o pagamento com “dinheiro plástico” está cada vez mais em alta no país.

Hoje, o uso do cartão de crédito é uma facilidade indispensável!

A praticidade, agilidade e facilidade oferecidas pelo cartão faz com que grande parte da população opte por esse método de pagamento.

Se você ainda não é uma dessas pessoas, sinto dizer que em breve esse dia pode chegar, rs.

Por isso, é primordial que as empresas se adaptem a essa modernidade – Não oferecer ao cliente a possibilidade de pagamento com cartão de débito ou crédito é um dos grandes erros cometidos pelos micro e pequeno negócio.

Mas por que?!” – pergunta o senhor que ainda não aceita cartão.

O resultado disso é a perda de inúmeras oportunidades de venda! E não podemos esquecer do fato de que cartão é um método muito mais seguro de pagamento.

É isso o que você quer? Acreditamos que não…

Ainda assim, mesmo diante de tantas evidências, muitos empresários não têm completa noção das vantagens dessa forma de pagamento.

Muitos ficam com dúvidas sobre como começar a aceitar cartão em seu estabelecimento, qual máquina ideal para efetuar as vendas…

Pensando nisso, listamos os benefícios do uso da máquina de cartão de crédito e os melhores métodos para escolher a ideal para o seu negócio!

Perfeito, hein!

confere-cartoes

Neste post, você vai ver:

Principais benefícios do uso de máquinas de cartão de crédito

Os benefícios do uso de máquina de cartão em qualquer negócio são inúmeros!

Para sermos práticos, separamos as 4 principais vantagens para você:

      1. Redução da Inadimplência

O risco de inadimplência por parte de clientes que compram com cartão de crédito não existe.

Já as vendas por meio de crediário, boleto, cheque ou outras formas de pagamento, diferentemente das vendas com cartão de crédito, não são respaldadas.

      2. Aumento das Vendas

Com a situação econômica do país, insegurança e praticidade são alguns dos motivos que levam as pessoas a optarem pelo pagamento com cartões.

Por isso, ter uma máquina de cartão de crédito e débito dá mais opções de pagamento ao cliente, facilita o recebimento e aumenta a credibilidade do negócio.

      3. Facilidade com o Troco

Muitos estabelecimentos sofrem com a falta de troco.

Esse problema pode parecer simples e banal, mas é um dos principais motivos do cancelamento das compras e insatisfação do cliente.

Por isso, oferecer a possibilidade de realizar o pagamento com cartão diminui a necessidade de troco e também de divergência do caixa, por conta de troco errado ou notas falsas.

      4. Concorrência de igual para igual

Atualmente é raro algum estabelecimento não receber cartão.

Se o seu for o único, pode ter certeza que seu concorrente irá abraçar todos os clientes que não encontraram a solução de pagamento propícia na sua loja.

Por isso, para se manter no nível (ou melhor) da concorrência, é importante oferecer as mesmas condições (ou até mais) que estes oferecem.

Agora que você já conhece algumas das vantagens que a máquina de cartão oferece ao seu negócio, separamos os 5 melhores métodos para que você possa escolher a maquininha ideal para o seu negócio.

Vamos lá? #ConfereAi:

confere-cartoes

Os 5 melhores métodos para escolher a maquininha ideal para o seu negócio

1. Cadastrar uma Máquina de cartão de crédito em sua MEI (Micro Empresa Individual)

Muitas empresas têm dúvidas sobre o uso da máquina de cartão, principalmente as de pequeno porte.

Mas o que elas não sabem é que até mesmo as MEIs têm direito de utilizar as máquinas de cartão.

As operadoras possibilitam a obtenção da maquininha com taxas menores para MEIs!

Ou seja, se você é MEI, já pode ir trabalhando na obtenção da sua!

Para isso, é muito simples: basta procurar uma operadora de cartão ou bancos conveniados. Uma alternativa, também excelente para a MEI, é adquirir a máquina de cartão nas empresas que oferecem maquininhas como aquelas que se conectam com Smartphones e tablets.

Essas empresas são um pouco menos burocráticas – apenas com o CPF e uma conta bancária é possível adquirir o equipamento.

O processo tradicional (em bancos e operadoras de cartão) é mais demorado e alguns estados exigem o cumprimento de alguns requisitos para a instalação, por isso, é importante buscar entender e conhecer as eventuais exigências tributárias complementares consultando a Secretaria da Fazenda Estadual ou Municipal.

2. Escolha uma máquina de cartão que aceite mais de uma bandeira

Obter uma máquina de cartão de crédito é uma excelente estratégia para aumentar as vendas, como já falamos acima.

Mas para isso, é importante escolher uma maquininha que aceite mais de uma bandeira.

Isso multiplicará o poder de venda do seu negócio, aumentando ainda mais a cartela de clientes!

3. Escolha uma Máquina de Cartão que possibilite oferecer mais Serviços

É comum que os empreendimentos incluam serviços como o de recarga de celular, e essa pode ser uma boa alternativa para o seu negócio.

Apesar de atrair clientes, é bom ter atenção: ela não pode ser utilizada em todos os tipos de estabelecimento, por isso, é preciso implementá-la no lugar certo.

Procure medir a viabilidade da introdução desse serviço no seu negócio, veja se essa será uma alternativa compatível com os produtos oferecidos e se o seu público-alvo utilizaria esse serviço.

Se tudo for favorável, vá em frente! 😉

4. Compare as taxas da máquina de Cartão

POS, TEF, POS Wireless, POO são diversos os tipos de máquina de cartão disponíveis no mercado.

Dentro essa variedade de maquininhas e empresas que oferecem o serviço, há duas formas de cobrança: pagamento do valor fixo mensal ou compra da máquina, com pagamento apenas de um valor pelo leitor.

Além disso, as taxas cobradas pelas vendas realizadas em cartão de crédito variam de acordo com o ramo do negócio.

As taxas cobradas pelas operações em débito são menores, mas apesar disso, é importante ter uma máquina que ofereça o pagamento com cartão de débito e crédito.

Escolher uma máquina de cartão com taxas menores vai impactar diretamente no valor dos produtos e serviços oferecidos. Por isso, é muito importante avaliar, comparar e negociar com as operadoras até escolher aquela que garanta uma maior vantagem para o seu cliente e, principalmente, para os seus negócios.

Uma forma segura e bastante popular de receber os saldos, pagando uma taxa pelo serviço, é o PagSeguro.

Os valores de aquisição variam de acordo com as máquinas oferecidas e são cobradas taxas entre 2% e 4% ao mês, que variam de acordo com a bandeira, quantidade de parcelas e cartão.

Lembrando que mesmo com o pagamento de taxas e encargos, a possibilidade de aceitar pagamentos com cartão de crédito e débito é uma forma de aumentar o faturamento e o resultado de vendas!

Por isso, na hora de gastar dinheiro para implementar estas formas de pagamento, encare o gasto como um investimento para o seu negócio. 😊

5. Conheça as Taxas da Máquina de Cartão

Aqui, separamos as taxas para que você as entenda antes de adquirir a máquina de cartão de crédito. As principais taxas são as seguintes (elas podem ter nomes diferentes):

Taxa de cadastro ou adesão: essa taxa geralmente é cobrada para fazer a adesão da máquina de cartão.

Mesmo com a recente proibição da cobrança dessa taxa no momento da abertura de crédito, as empresas que oferecem as maquininhas acabam incluindo o valor em outras cobranças e a taxa acaba sendo paga de outras formas.

Aluguel da máquina de cartão (POS): existem vários tipos de maquininha no mercado.

Há aquelas que não cobram mensalidade – mas em sua maioria, as empresas cobram um valor fixo pago todo mês para manter a máquina em sua empresa.

Percentual sobre as transações: as empresas aplicam um desconto percentual em todas as transações feitas na máquina de cartão.

Agora você já sabe das vantagens e benefícios que a máquina de cartão de débito e crédito oferece para o seu negócio!

Nova call to action

 

Conheça as 3 principais operadoras e suas vantagens

1. Cielo

Uma das marcas mais consolidadas no mercado, a Cielo opera por mensalidade e oferece algumas opções para o cliente.

A máquina não tem custo. Para contratação do serviço, o proprietário do negócio precisa escolher o plano que mais se adequa à movimentação da sua empresa.

Os planos disponíveis atualmente são Cielo Controle (taxa zero), Cielo Livre (sem aluguel de máquina) e Cielo do seu Jeito (mais flexível).

As taxas, quando aplicadas, variam de 2% à 3,5% para cartão de débito e de 2,5% à 4% para cartão de crédito à vista, chegando até 6% nas vendas parceladas.

O tempo de recebimento das vendas é de no máximo 30 dias.

Com Cielo Livre e Cielo controle, as vendas costumam levar 2 dias para serem recebidas.

No Cielo do seu Jeito, o contratante tem liberdade para escolher esse prazo, e recebe o valor direto na conta corrente.

A Cielo aceita mais de 20 bandeiras.

 

2. Rede

Uma das três maiores operadoras de cartão de débito e crédito, a Rede é uma empresa do banco Itaú e opera por mensalidade (em alguns planos, se o faturamento for maior que R$4.000,00, o aluguel é zerado).

Os planos são Aluguel Zero (mais flexibilidade), Preço Único (mais controle, que mescla valor de taxas e de maquininha) e Plano Padrão (mais conveniência, com taxas personalizadas sobre cada venda).

A empresa não revela o valor das taxas das transações, mas o tempo para recebimento é de 2 a 30 dias, por meio de depósito em conta.

A Rede aceita mais de 20 bandeiras.

 

3. Getnet

A Getnet também pertence ao grupo das 3 principais operadoras de cartão de débito e crédito.

A empresa, que faz parte do grupo Santander, opera por mensalidade ou por compra da máquina.

O empresário deve, então, escolher qual a opção que se adequa melhor à realidade de sua empresa.

Em seu site, a Getnet divide as máquinas por meio de recebimento (para quem vai até o cliente e para quem recebe no balcão).

A empresa não revela o valor das taxas de transação, mas o tempo de recebimento é de 1 à 30 dias úteis, e varia de acordo com a transação (débito ou crédito).

As opções de maquininhas são muitas! Com aluguel, sem aluguel, com wi-fi, 3g, leitor para celular, compra do aparelho, mensalidade…

É importante, então, levar em consideração a facilidade do uso do operador com a máquina em questão.

 

Comprovantes: precisa imprimir?

Os modelos que oferecem a opção de impressão de comprovante costumam ser mais caros.

Porém, muitos consumidores gostam de guardar o comprovante.

Por isso, é interessante poder disponibilizar essa opção.

Porém, também é interessante estimular o pensamento de que, se estamos em busca de diminuir cada vez mais o impacto causado no meio-ambiente, a digitalização das coisas é uma tendência e já faz parte da reflexão das pessoas.

Muitos consumidores, portanto, escolhem não receber o comprovante.

Mas isso não significa que eles precisam ficar sem seus comprovantes de pagamento. Por isso, eles podem ser enviados via SMS, visto que digital ou em papel ambos possuem a mesma validade.

 

Preciso estar conectado na internet para usar a maquininha?

A conexão com a internet é necessária para que a maquininha desempenhe seu papel, pois ela precisa estar conectada com a central que autoriza ou rejeita o pagamento.

Sem essa conexão, não teríamos acesso a notificações que nos ajudam a entender o cenário, como “senha incorreta”, “saldo insuficiente” etc.

Cada maquininha, contudo, tem sua forma de se conectar à rede.

Quando falamos de máquinas que não vão até o consumidor (ou seja, aquelas que ficam em balcões e você tem que se dirigir ao caixa para pagar), elas estão conectadas via cabo plugado na rede telefônica.

Nos leitores de cartão, os aparelhos são conectados a um celular (via bluetooth), que precisa ter uma conexão com a internet, seja por wi-fi ou 3g.

Nesse caso, as transações são realizadas através de um aplicativo no celular.

Nas máquinas wi-fi, o celular não é mais necessário, visto que as máquinas possuem pacote de dados no próprio aparelho e podem se conectar a redes sem fio.

Como já falamos em outro post, qualquer empreendedor que realize vendas, tanto de produtos ou serviços, precisa acompanhar a saúde financeira do seu negócio para poder ter uma visão ampla de seu funcionamento.

Por isso, independentemente da maquininha que você julgar ideal para a sua loja, é importante ter em mente que a conciliação de vendas e conciliação bancária são atividades que devem fazer parte da rotina do empreendedor.

Dessa forma, além de acompanhar cada venda realizada pelo estabelecimento, o empresário pode comparar o valor que a operadora deveria pagar com o que de fato foi pago, encontrando possíveis divergências.

Através do ferramentas de conciliação, o lojista tem uma imagem mais transparente das vendas efetuadas, taxas aplicadas e, consequentemente, um controle maior do que acontece financeiramente na sua empresa.

Nova call to action

Fechar Menu