Guia completo: máquina de cartão sem mensalidade

6 de fevereiro de 2018 Camila Honda

Com as inovações das plataformas digitais de pagamento, os métodos mudaram e cada vez mais o cartão tem substituído o cheque e o dinheiro. Rápido e eficaz, o pagamento com cartão de crédito ainda oferece benefícios ao cliente. Indispensável, a máquina de cartão de crédito é benéfica não apenas para o cliente, mas também para o empreendedor.

Mesmo com as evidências da eficácia do uso da máquina de cartão, muitos empresários ainda não têm completa noção das vantagens do uso desse equipamento. Apesar da praticidade, agilidade e facilidade oferecidas pela máquina de cartão, alguns estabelecimentos ainda têm dificuldade com a aquisição da maquininha. Não oferecer ao cliente a possibilidade de pagamento com cartão de débito ou crédito é um dos grandes erros cometidos pelos empreendedores, que perde inúmeras oportunidades de venda, além de não desfrutar de um método mais seguro de pagamento.

Taxas, juros e mensalidades são os maiores problemas encontrados pelos adquirentes da máquina de cartão, principalmente os micro e pequenos empreendedores e os vendedores autônomos. Com o aumento da demanda por parte dos pequenos empreendedores, as empresas que oferecem esses serviços viram a necessidade de produzir um equipamento com um menor custo de aquisição, menores taxas e até mesmo sem mensalidade. Isso mesmo! Apesar de muitos empreendedores desconhecerem, já existe no mercado diversas maquininhas sem mensalidade. Pensando nisso, listamos as 4 melhores máquinas de cartão sem mensalidade que existem no mercado. São elas:

 maquina-de-cartao-sem-mensalidade

  1. Máquina de Cartão sem Mensalidade: iZettle

Empresa de origem Sueca, a iZettle opera no Brasil há 4 anos e oferece serviços de pagamento focados no pequeno e médio empreendedor. Para utilizar os serviços oferecidos pela operadora, basta comprar a máquina. O adquirente paga apenas pelo equipamento, não é cobrado nenhum tipo de mensalidade posterior. Para operar a maquininha é preciso dispor de um celular ou tablete com internet. O custo da máquina varia de R$ 300 à R$ 450 reais (depende do modelo escolhido), a empresa oferece a opção do pagamento do equipamento em até 12 parcelas, mas esse valor retorna ao empreendedor por meio da isenção de taxas em débito e crédito. A iZettle não cobra taxa de adesão, mas existem taxas de transação, são elas: 2,39% nos pagamentos com cartão de débito, 4,99% nas compras no cartão de crédito à vista e 1,99% por parcela (a partir da 2ª parcela). O tempo para que empreendedor receba o valor referente as vendas são de dois dias úteis, mesmo nas transações via cartão de crédito, parceladas em até 12 vezes, e o dinheiro é depositado direto na conta corrente ou poupança. Essa máquina de cartão aceita as bandeiras Visa e MasterCard. Além disso, a iZettle oferece uma plataforma de gerenciamento do negócio, que permite fazer relatórios detalhados das vendas para fins gerenciais, de caixa e contábeis, para isso, basta criar uma conta de usuário, comprar o leitor de cartões pelo site e baixar o aplicativo no smartphone ou tablet. Qualquer pessoa, física ou jurídica, pode adquirir as maquininhas.

 

  1. Máquina de Cartão de Crédito sem Mensalidade: Payleven

Presente em mais de dez países a Payleven oferece opções de pagamento perfeitas para o pequeno empreendedor. Sem pagamento de mensalidade, a empresa opera por meio da compra da máquina de cartão. Para utilizar a maquininha é preciso conectá-la a um aparelho celular por meio do bluetooth. O custo da máquina varia entre R$ 120 e R$ 460 reais, depende do modelo escolhido. Não é preciso pagar taxa de adesão, mas há algumas taxas de transação, são elas: 2,69% nas vendas com cartão de débito, 3,39% nos pagamento com cartão de crédito à vista e de até 3,39% (plano econômico) ou até 4,49% (plano acelerado), nas vendas no cartão de crédito parcelado, sendo 2,49% por parcela. Débito: 2 dias úteis. O tempo de recebimento das vendas varia de acordo com o plano, com o Econômico todas as parcelas são pagas de uma só vez em 30 dias corridos, e com o Acelerado todas as parcelas são pagas uma só vez em até 2 dias úteis. Além disso, o empreendedor recebe os pagamentos direto na conta corrente ou poupança. A Payleven opera com as bandeiras Visa e MasterCard. É importante salientar que as taxas de transação são reduzidas de acordo com as vendas, ou seja, quanto mais a empresa vender, menor será o valor cobrado.

 

  1. Máquina de Cartão de Crédito sem Mensalidade: Sumup

Essa empresa de origem alemã se fundiu com a Payleven e ambas permanecem comercializando máquinas de cartão sem mensalidade. As máquinas se conectam ao celular via entrada de áudio ou bluetooth, depende do modelo adquirido. O custo da maquininha varia entre R$ 180 e R$ 360 reais (de acordo com o modelo), e pode ser dividido em até 12 vezes sem juros. a operadora não cobra taxa de adesão, mas existem as taxas por transação, são elas: 2,3% nas vendas com débito, 3,1% (plano econômico) ou 4,6% (plano acelerado) nas vendas com cartão de crédito à vista, as taxas das vendas com cartão de crédito parcelado variam entre 3,9% e 21,1%, depende da parcela e do plano adquirido (econômico ou acelerado). O tempo para receber também varia de acordo com o plano: Plano econômico – Débito: até 5 dias úteis, Crédito: a partir de 30 dias, quando há parcelas, elas caem em 60, 90, 120 dias, de acordo com o número de parcelas. Plano acelerado – Recebe tudo em até 5 dias úteis. Os valores são recebidos direto na conta bancária ou no próprio cartão Sumup, um cartão pré-pago sem custos, oferecido pela marca, com o objetivo de atender os empreendedores que não têm conta bancária ou que preferem ter um cartão separado para seus pagamentos. A maquininha aceita as bandeiras Visa, Mastercard, American Express, Diners e Elo.

 

  1. Máquina de Cartão sem Mensalidade: Moderninha

A popular Moderninha é vendida pela PagSeguro, do grupo Uol. Existem 4 modelos de maquininha e para utilizá-los é preciso ter um celular ou tablete com conexão via Wifi, Chip e Bluetooth. O custo da máquina varia entre R$ 120 e R$ 840 reais, de acordo com o modelo. Para adquiri-la não é preciso pagar taxa de adesão, mas há um custo por transação que varia de acordo com a maquininha escolhida. O tempo para o empreendedor receber o valor de suas vendas é de 1 dia útil para vendas com cartão de débito e 30 dias para as vendas com cartão de crédito, e o valor é depositado na conta do PagSeguro ou em até cinco contas bancárias diferentes. A Minizinha aceita as bandeiras MasterCard, Visa, Elo (Credito), Amex, Hipercard, Diners, Ticket e Sodexo. Já a Moderninha Pro, o novo modelo da PagSeguro, é integrada a um aplicativo que oferece ao empreendedor uma ferramenta para gerenciar o seu negócio. Além disso, é possível transferir o dinheiro das vendas para o Cartão Pré-Pago PagSeguro.

Leia também: 10 vantagens de utilizar a conciliação bancária automática