12 dicas para manter um ambiente de trabalho agradável

Montar uma equipe competente e motivada para lutar com unhas e dentes a favor do negócio não é uma tarefa fácil. Se durante a jornada de trabalho o colaborador faz diversos intervalos com grandes pausas e não vê a hora do expediente terminar, você precisa ficar atento!

cta-confere

Agora reflita: é comum assistir os funcionários se preparando para ir embora 30 minutos antes de acabar o dia de trabalho? Se a resposta for ‘sim’, está na hora de rever o clima corporativo.

Confira agora algumas dicas valiosas sobre como tornar o ambiente de trabalho mais agradável!

1. Local divertido

Foi o Google, Facebook e outras empresas do mundo “pontocom” que levaram essa prática para o estado da arte. Observaram que os colaboradores se dedicavam mais em um ambiente divertido, com pequenas pausas para relaxar e com a opção de trabalhar a céu aberto. Esse ambiente ‘cool’ ganhou a atenção do mundo.

confere-cartao-google
Google San Francisco

Ambientes organizados, divertidos e que inspirem a criatividade têm a capacidade quase mágica de fazer com que os funcionários se dediquem muito mais, oferecendo qualidade de vida. Então aproveite esse truque ao seu favor!

Você não precisa ser igual a uma dessas empresas citadas, mas pequenas modificações podem transformar seu escritório em um ambiente muito mais aconchegante e inspirador.

→ Você tem certeza de que todas as suas vendas com cartão entraram no banco corretamente? Clique aqui e descubra

2. Estimular a integração entre as pessoas

Certa vez li uma frase e achei muito interessante: “As pessoas se relacionam com outras pessoas, não com instituições”. Infelizmente eu não me lembro a fonte, mas fiquei pensativo com quanta verdade existia nela.

confere-cartoes-happy-hour

Por mais profissional que você seja, tenho certeza de que pode citar um colega de trabalho que virou um amigo, alguém com quem teria contato mesmo fora do horário comercial.

Lembro de uma vez que recebi uma boa proposta para mudar de emprego. O salário seria mais alto e o lugar era promissor, mas fiquei pensando por dias nas pessoas que precisaria deixar para trás e no clima descontraído que tínhamos.

Estimular a integração dos funcionários é uma grande estratégia para manter sua equipe unida.

3. Flexibilidade de espaço e horário

Nem todos os negócios conseguem oferecer flexibilidade no horário e no ambiente de trabalho. O garçom no restaurante ou o vendedor de loja, por exemplo, precisam estar disponíveis em lugares e horários determinados. No entanto, quem trabalha em escritório, a flexibilidade de espaço e horário pode ser um luxo alcançável.

As empresas notaram um grande aumento de produtividade ao focar o trabalho nos momentos mais produtivos de cada um. Pode ser que você renda mais na parte da manhã, mas seu colega de trabalho renda mais à noite. Assim como quem prefere chegar uma hora mais tarde – e sair uma hora mais tarde – para conseguir fugir do trânsito, ou quem prefira chegar mais cedo, depois de deixar seus filhos no colégio.

confere-cartoes-flexibilidade-local

Dar a liberdade para o funcionário gerenciar seus próprios horários e ambientes permite que cada um otimize suas jornadas de trabalho, o que potencializa a produtividade. Com o aumento considerável de liberdade, diminui a capacidade de supervisão dos líderes. É por isso que o aumento da flexibilidade sempre acompanha um aumento de cobrança de resultados.

4. Plano de Carreira

É muito importante para qualquer profissional visualizar para onde ele está indo e saber se está no caminho certo. É exatamente por isso que um dos principais diferenciais das grandes empresas é o chamado “plano de carreira”.

confere-cartoes-plano-carreira

Isso não quer dizer que todas as empresas precisam entregar um plano concreto de carreira, mas o importante é que os colaboradores estejam cientes de como podem crescer dentro da corporação. Desse jeito, os aumentos de trabalho e de responsabilidades ganham significado.

5. Promover cursos e workshops

Pessoalmente acredito que essa seja uma das sacadas mais geniais para empresas que desejam atrair profissionais altamente rentáveis e promissores. Promover cursos e workshops demonstra investimento no crescimento profissional de seus colaboradores. E todos almejam trabalhar em um lugar que os valorizem.

Muitas vezes, nem mesmo boas propostas financeiras se sobrepõem à oferta de treinamentos que a empresa oferece para o desenvolvimento contínuo. Isso mesmo… as pessoas preferem trabalhar em um lugar onde ganham menos, mas crescem profissionalmente do que em um lugar que pague um bom salário, mas que deixe suas carreiras estagnadas.

confere-cartoes-cursos-workshops

Ao investir em formação e desenvolvimento, a empresa só tem a ganhar, pois contará com profissionais mais comprometidos, mais estimulados e mais bem treinados.

Infelizmente muitos acham que investir na educação de seus colaboradores é uma forma de “treiná-los para o mercado” e acabam perdendo a grande oportunidade de formar funcionários altamente produtivos.

6. Treinamento nas habilidades necessárias

Esse item se confunde bastante com o anterior. Mas, não se engane: treinar habilidades e investir em capacitação são duas práticas diferentes. Ao oferecer cursos de formação, a empresa investe em habilidades genéricas e forma profissionais capazes e pensadores. Agora, investir em treinamento das habilidades necessárias, a empresa garante que seus colaboradores terão as qualidades específicas exigidas pela sua ocupação.

Dentre as habilidades específicas estão:

  • Como operar um sistema
  • Como operar uma máquina
  • Procedimentos operacionais

confere-cartoes-treinamento

Profissionais bem treinados tendem a ter mais facilidade e sucesso na execução de seus serviços, sinônimos de maior produtividade e maior satisfação.

7. Objetivo bem definido – para a empresa e para o profissional

Uma característica muito interessante dos melhores profissionais do mercado é que todos possuem metas bem definidas e são comprometidos com elas. Eles sabem o que a empresa espera de seus serviços e sabem onde ela pretende chegar. Ter esses objetivos bem fundamentados em suas mentes facilita as decisões e orienta se estão no caminho certo.

confere-cartoes-objetivo

Profissionais sem um objetivo ficam – literalmente – perdidos e desestimulados e nem sabem o porquê. Por isso é muito importante que as empresas sejam claras em relação ao que se espera de cada um e em relação ao que se espera de seus próprios resultados. É como um GPS: se você não colocar o destino – o lugar onde pretende chegar – não há como o GPS tomar decisões e te orientar o caminho.

8. Feedbacks sinceros

Para que o funcionário saiba exatamente o que a empresa espera dele e onde a ela pretende chegar com a sua ajuda, ele precisa receber feedbacks sinceros sobre seus serviços.

confere-cartoes-feedback

São esses feedbacks os responsáveis pelos ajustes de rota durante o caminho. Eles mostram que a empresa está constantemente avaliando o serviço, mas que, acima de tudo, está intimamente envolvida com o aperfeiçoamento de cada um.

O feedback tem a função de instruir o funcionário e contribuir com sugestões em prol de seu crescimento profissional que, por sua vez, vão resultar em melhoras para a empresa.

→ Você tem certeza de que todas as suas vendas com cartão entraram no banco corretamente? Clique aqui e descubra

9. Comunicação interna

Para deixar claro os objetivos, apresentar metas e incentivar os colaboradores, as empresas podem recorrer a comunicação interna. Essa comunicação, muitas vezes feita por meio de campanhas e informativos, tem como intuito manter todos os funcionários informados e deixá-los unidos em um objetivo.

confere-cartoes-comunicacao-interna

Esse é um comportamento não usual para muitas empresas, mas somente com uma comunicação pensada ao público interno é possível tornar os processos mais transparentes e, consequentemente, reter e atrair novos talentos.

10. Trabalho voluntário

Poucas coisas no mundo unem mais as pessoas do que ajudar aos outros e, pensando na integração dos funcionários (Leia aqui), essa pode ser uma valiosa estratégia. Ao apoiar ativamente ONGs, a empresa mostra que está realmente comprometida em melhorar a vida da comunidade, o que lhe confere notoriedade.

confere-cartoes-ajuda

Quando eu digo “apoiar ativamente ONGs” quero dizer que a ajuda vai além de depósitos financeiros. Falo de doação de tempo e esforços de todo o time. Nada melhor para unir o time do que uma BOA CAUSA. Vamos lá?

11. Cobrar resultados

A partir do momento em que a empresa faz a sua parte ao criar um ambiente agradável para o desenvolvimento do trabalho, ela ganha o direito de cobrar por resultados.

confere-cartoes-cobranca

Cobrar os resultados também mostra que ela está séria em seus ideais e objetivos e, bem como como a forma com que espera que o funcionário alcance as metas que lhe foram atribuídas.

É o momento de ser duro e profissional, mas sempre mostrando que aposta no funcionário que está recebendo tal função, pois todos estão no mesmo barco e remando na mesma direção.

12. Comemorar as conquistas

O último e não menos importante dos itens. Não existe nada mais frustrante do que lutar com unhas e dentes, dar o sangue por um propósito e, quando alcançado, não acontece nada. É importante que as empresas mostrem para seus colaboradores o quanto estão felizes pelo esforço que fizeram e que estão orgulhosos disso. Portanto, comemore as vitórias!

confere-cartoes-comemoracao

Comemorações dão reforço positivo e transforma-se em novos objetivos. Você não precisa fazer uma grande festa todo mês, mas pode dar um agrado em palavras, gestos ou em forma de chocolate para cada colaborador!

cta-confere

E aí o que achou? Você já faz alguma dessas ações na sua empresa? Deixe a sua opinião nos comentários!

Fechar Menu